Mirtilo e a microbiota instestinal

Conhecido pelo seu elevado poder antioxidante, mirtilo, ou blueberry atua na prevenção de doenças cardiovasculares. Além de sua propriedade anti-inflamatória, os benefícios do mirtilo incluem a modulação da microbiota intestinal, por possuir grande quantidade de fibras fermentáveis e alta concentração de antocianina. Experimentalmente, a ingestão de mirtilo modificou a composição da microbiota intestinal para bactérias associadas com diminuição de inflamação sistêmica, melhora na sinalização da insulina e controle de obesidade. Em humanos, o consumo de suco do mirtilo por seis semanas promoveu aumento do número de espécies bacterianas do gênero Bifidobacterium, conhecidas por modular positivamente a composição da microbiota intestinal.

Referências:

Wu X, Wang TTY, Prior RL, Pehrsson PR. Prevention of Atherosclerosis by Berries: The Case of Blueberries. Agric. Food Chem. 2018, 66, 9172−9188

Vendrame S, Guglielmetti S, Riso P et al.  Six-Week Consumption of a Wild Blueberry Powder Drink Increases Bifidobacteria in the Human Gut. J. Agric. Food Chem. 2011, 59, 12815–12820

Leave a comment